Dicas de Plantas para Varandas com Pouco Sol

Quando se quer montar um jardim ou uma bela decoração na varanda a última coisa que se pensa é o tipo de planta correto para este espaço, porém este é o item mais importante, pois plantas inadequadas em um espaço podem arruinar a decoração e até morrerem, caso não recebam os cuidados necessários. E para quem mora em local onde não receba muitos raios solares, é imprescindível optar por plantas específicas para varandas com pouco sol, para que não ocorra a falta de saúde e até a morte de uma planta mais solar, caso você a use incorretamente.

No momento de montar uma decoração em varandas com pouco sol você deve investir em plantas adequadas para estes ambientes (Foto: Divulgação)
No momento de montar uma decoração em varandas com pouco sol você deve investir em plantas adequadas para estes ambientes (Foto: Divulgação)

Plantas para Varandas com Pouco Sol

A luz solar é muito importante para a vida dos seres vivos, isso não dá para negar, nem que seja um pouco de sol, todos temos que receber as energias vindas do astro rei, porém há espécies de plantas que não precisam de muito sol e vivem muito bem à sombra, aliás, estes tipos de plantas se forem muito expostas sob os raios solares, podem se desidratar e queimar folhas e até mesmo morrer.

Leia também sobre Decoração com Elementos Vazados.

A Luca é uma planta que precisa de espaço, pois cresce bastante mesmo plantada em vasos. Ela gosta de um pouco de luz natural e basta apenas uma rega semanal.

A dracena pau-d’água é uma planta que pode chegar a 6 metros de altura se mantida com boa irrigação em áreas sombreadas.

A Pata-de-elefante é uma espécie que atinge até 3 metros na fase adulta e gosta de clima seco e quente e o melhor é que não exige rega constante.

A Fícus Lyrata é uma planta ornamental robusta que não gosta de vento nem de água em excesso.

Leia também sobre Dicas para Decorar um Lounge na Laje.

A Palmeira Chamaedorea pode chegar a ultrapassar os 2 metros de altura e prefere ficar em ambientes úmidos e longe da luz do sol.

A Palmeira-ráfis: se adapta melhor aos locais sombreados, pois as folhas tendem a amarelar quando expostas diretamente ao sol. Porém ela precisa estar sempre bem irrigada.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

O Bálsamo é uma planta suculenta de médio porte, prefere meia-sombra e pede uma irrigação semanal.

A Bromélia Gusmânia apresenta flores vermelhas exuberantes no verão e cresce melhor em ambientes quentes, úmidos e com luz indireta. E você deve regar apenas quando a terra estiver seca.

O Lírio-da-paz é uma planta que deve evitar exposição direta ao vento e aos raios solares, e ele requer terra sempre úmida.

A Orquídea Cymbidium é uma planta que se desenvolve em locais protegidos do frio e do vento e não exige regas constantes. E ela produz flores brancas, cor-de-rosa ou vermelhas, somente no inverno.

A Orquídea Phalaenopsis é uma planta que precisa de boa ventilação e luminosidade natural indireta, e você deve manter o vaso úmido, mas nunca encharcado.

E a Espada-de-são-jorge é uma planta suculenta de folhas graúdas, que solicita regas espaçadas e ambientes à meia-sombra.

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Leia também sobre Dicas para Combinar Cores e Eletros na Bancada da Cozinha. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *